Lobbying

Intervenção política promovendo o uso de métodos alternativos.

As nomeações para 2017 já estão encerradas.

 

A inovação científica necessita caminhar lado a lado com mudanças políticas, assegurando, deste modo, que os usuários deste tipo de teste – indústria e reguladores – se encontrem recetivos a estes novos métodos.

Para que esta mudança ocorra, é necessária uma abordagem multifacetada e global, incluindo lobbying de teor científico a níveis nacional e supra-nacional de modo a:

  • Estipular e fixar métodos não-animais em programas de diretrizes de testes de segurança nacionais ou pertencentes à União Europeia e à OECD (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento económico)
  • Fazer a revisão dos parâmetros de testes existentes, excluindo destes os testes que utilizam animais
  • Obter um requerimento mandatório para testes não-animais na legislação, políticas reguladoras, diretrizes de testes, etc.